[Fan Fic] Half Blood Camp "Crônicas dos Filhos do Céu e da Guerra"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Fan Fic] Half Blood Camp "Crônicas dos Filhos do Céu e da Guerra"

Mensagem por Benjamin Skyplane em Ter Jan 03, 2012 1:11 pm

Capítulo I |Benjamin|

Benjamin dormia ouvindo a panificadora da sr.Waffles se mexer a noite inteira, não que aquilo não fosse normal mas nada mais divertido do que saber que você esta prestes a ser transferido a outra escola, eu ja sabia disso por que era um baderneiro, mas prefiro dizer que sou um investigador. Pela manhã havia outra vez sido capturado e levado a direção da escola Mary Joseph, literalmente capturado pois não conseguia ficar na aula, algo não deixava que ficasse sentado por duas Horas em uma cadeira desconfortavel de madeira, ouvindo a professora Jerry McFing falar, sim o nome dela era Jerry, e não permitia que curtissimos com cara dela, afinal de acordo com ela devemos respeito e bla bla bla.
Acordei com a senhora Jerry pisando em mim e falando em Alemão, algo sobre como sou mau educado aposto!
-Me deixa dormirrr.. - lamentava enquanto Jerry me chutava - não pode me obrigar a ir embora. porém durou pouco até que eu levantasse e colocasse minha mochila com roupas nas costas, aquele era meu aniversario, ninguém notara nem mesmo os professores, atravessei os corredores da escola olhando para as salas esperando que alguém viesse correndo me abraçar e dizer: Parabéns Garoto, porém nada aconteceu, sai da escola sendo levado pela senhora Jerry no seu carro, uma Mercedes nova intacta (e dizem que os salários dos professores é baixo) ja sabia que escola iria parar, de acordo com a gaveta do diretor Weimer era uma orfanato como as outras que havia estado, a diferença é que era para crianças Baderneiras e sem controle.
Finalmente chegamos a escola, ainda de manhã um lindo dia de sol em Chicago, nevava como de costume no inverno, mas havia sol, estranho mas normal para mim. Aquele devia ser o dia mais feliz de Jerry pois quando ela entro pela porta carregando-me pelo braço via que eu séria massacrado por todos meus pecados ali, haviam varias crianças brigando e se empurrando professores com raiva e gritando em megafones e por mais estranho que parecesse todos estarem brigando ainda dava para distinguir o grupo dos brigões e dos populares, assim como Nerds, a diferença era que todos Brigavam, por água no bebedouro ou por acentos limpos de algum jeito havia crianças brigando e adultos tentando separar:
-Você se vira a partir de agora! - disse Jerry com um sorriso amarelado de seus dentes podres na boca - Vou indo preencher a papelada de transferência na direção.
Só sobrou eu sozinho sem saber oque fazer, mais ao fundo um bolinho que parecia ser de adolescentes gritando tradiçionalmente: BRIGA BRIGA BRIGA. Curioso, fui ver o que era meu, primeiro dia no novo colégio!

avatar
Benjamin Skyplane

Mensagens : 154
Pontos : 6817
Reputação : 10
Data de inscrição : 28/10/2011
Idade : 21
Localização : Chalé de Zeus

Ficha Half-Blood
HP:
150/150  (150/150)
Level: 10
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan Fic] Half Blood Camp "Crônicas dos Filhos do Céu e da Guerra"

Mensagem por Will O'Connor em Qua Jan 04, 2012 11:24 am

Capitúlo II |Will|


Acordo sonolento com um leve som de passos no corredor. Havia ganhado o costume de estar sempre alerta, e por isso tinha o sono leve. Então a porta do dormitório onde eu estava abre, alguém liga as luzes e dá uma olhada ao redor procurando alguém. Quando me vê, me dá um sorriso, que não se estendeu até seus olhos que continuaram frios e cheios de desprezo.
- Will, venha até aqui moleque. O diretor está te chamando. - O homem resmunga. Era o Sr. Ernest, o "temido" faxineiro. Boatos diziam que ele puxava qualquer um que estivesse desatento para o perceber chegando e dava castigos, independente de ter ou não feito algo errado. Claro que não adiantava reclamar com o diretor, que fingia não saber de nada e que tinha a opinião de que todas as crianças la eram diabinhos.
- Anda logo! - Ele fala entre dentes, vendo que eu caminhava lentamente. Eu havia sido chamado para a diretoria por ter roubado e extraviado a sala do faxineiro. Eu havia chegado ao orfanato havia 3 dias, e os garotos tinha resolvido me testar, visto que eu era um pouco grande para eles brigarem comigo. Eles deviam ficar de guarda enquanto eu pegava algo de lá que eles consideravam importante, e acabaram me deixando lá sem aviso algum e o Ernest me flagara. Andava cuidadosamente, não seria surpreendido. Passei uma hora naquele escritório do diretor, sem prestar atenção a nada do que ele dizia. Havia adquirido a habilidade de deixar a cabeça voar enquanto levava sermões. Depois que saíra vira que uma mulher estranha estava aguardando para falar com o diretor. Estava com uma cara absolutamente feliz, como alguém que se livrara de uma carga desnecessária. Então saio do corredor para fora, e dou uma olhada ao redor. "Todo dia a mesma coisa" pensava. Vejo um dos garotos brigões que adoravam surrar novatos em um bolinho. "Hora de acertar as contas". Eles estavam humilhando um dos garotos menores, fico a um canto observando.
De repente vejo um garoto alto, que eu não tinha visto por ali ainda, entrar no bolinho e acertar um soco em um dos brigões, e o líder se virar para ele furioso e saltar para ataca-lo. Depois disso virou uma confusão de socos e chutes, o garoto alto se defendendo como podia, eu entro na briga e pego um dos agressores por trás pelo pescoço, sufocando ele até que desmaiou. Então parto para cima dos outros.
avatar
Will O'Connor

Mensagens : 59
Pontos : 7220
Reputação : 10
Data de inscrição : 28/10/2011
Idade : 26

Ficha Half-Blood
HP:
7850/7850  (7850/7850)
Level: ?
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan Fic] Half Blood Camp "Crônicas dos Filhos do Céu e da Guerra"

Mensagem por Benjamin Skyplane em Qua Jan 04, 2012 11:53 am

Capítulo III |Benjamin|

Realmente não sabia o que havia acontecido, de repente como se aquilo fosse normal para mim, ataquei o garoto maior que zombava de uma éspecie de Nerd de calças largas, o garoto maior se chamava Klaus ou como os amigos dele o chamavam "Destruidor", não que ele fosse assustador, porém ele tinha a aparência de um garoto que malhava bastante, ele sorria enquanto tentava me dar socos na cara, me defendia como podia e ao mesmo tempo via um garoto que usava uma regata, se mostrava ser forte por estar brigando com dois garotos ao mesmo tempo e inclusive enforcando um, parecia rir com um olhar sério como um louco talvez, seus olhos escuros como a noite ganhavam tons avermelhados enquanto brigava como se aquilo fosse ótimo para ele, tinha cabelos escuros, quase tão escuros quanto os meus porém aderia a um tom castanho ao sol que atravessava as janelas do corredor.
Foram duros 15 minutos apanhando e dando surra, o garoto que me ajudara a brigar contra os provalecidos, continuava a dar risada enquanto brigava. Até que a senhora Jerry nos separou:
-VOU TE MATAR DESGRAÇADO! - gritava Klaus enquanto tentava escapar, fui diretamente para a direção como de costume, la encontrei o garoto que parecia se chamar Will:
-Então você é o novo baderneiro! Estava ansioso pela sua chegada - falava a diretora, que estranhamente não tinha nem mesmo identificação em sua mesa como era de costume nos orfanatos e colégios - E você Will novamente arrumando encrenca! mas não lhe chamei aqui para isso!
Eu devia parecer ameaçador poís a senhora Jerry não parava de me encarar como se eu fosse fugir a qualquer momento, mas por dentro estava calmo, não pensava em fugir, só em descançar dos socos que levei. Ao meu lado Destruidor inventava mentiras sobre o quanto eu era maligno com ele e bla bla bla. Só esperava que aquilo não fosse muito longe, poís a essas alturas só pensava em arrumar minhas coisas para a grande noite, algo que eu não poderia contar para ninguem.
avatar
Benjamin Skyplane

Mensagens : 154
Pontos : 6817
Reputação : 10
Data de inscrição : 28/10/2011
Idade : 21
Localização : Chalé de Zeus

Ficha Half-Blood
HP:
150/150  (150/150)
Level: 10
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan Fic] Half Blood Camp "Crônicas dos Filhos do Céu e da Guerra"

Mensagem por Will O'Connor em Qua Jan 04, 2012 1:42 pm

Capítulo IV |Will|


Após a briga, ja na direção vejo o garoto que eu havia ajudado chegando. Além de ser alto, tinha cabelos negros, olhos azuis profundos, notei que tinha uma cicatriz no braço, feita por alguma lâmina, que eu logo assimilei a uma faca normal de refeitório. Estava usando uma camiseta do Gun's Roses e uma calça rasgada em alguns pontos. Klaus começa uma onda de mentiras e eu me viro para o garoto:
- Ignore esse imbecil. - falo indicando o "Destruidor". - Ele tem tanta criatividade para mentiras quanto ignorância sobre qualquer outro assunto. Qual seu nome?
Ele responde, depois de me avaliar por alguns segundos:
- Me chame de Ben.
- Sou Will.
Após isso, o diretor ficou meia hora falando sobre regras e sobre vagabundos que só brigam e roubam. Me falou que infelizmente estava atrasado e nao poderia me dar um castigo maior, portanto nos liberou da diretoria. Depois que saimos de lá, me viro para Klaus e o coloco contra a parede, segurando seu pescoço. - É bom que eu não te veja nem perto de recém chegados novamente. - E solto o garoto. Vejo ele me olhando com um olhar de puro ódio: - Vocês vão pagar !
Então me viro para Ben quando o pirralho se afasta, e pergunto:
- Bela atitude a sua, mas o que deu em você atacando um grupo sozinho?
Eu imaginava que a porção do almoço sem duvida iria diminuir, como castigo.
avatar
Will O'Connor

Mensagens : 59
Pontos : 7220
Reputação : 10
Data de inscrição : 28/10/2011
Idade : 26

Ficha Half-Blood
HP:
7850/7850  (7850/7850)
Level: ?
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan Fic] Half Blood Camp "Crônicas dos Filhos do Céu e da Guerra"

Mensagem por Benjamin Skyplane em Qui Jan 05, 2012 11:48 am

Capítulo V |Benjamin|

Ja podia ver a raiva nos olhos de Will, o garoto que acabara de conhecer se mostrava ser um bom lutador e ja havia tempo que não conhecia um igual a ele:
-Não faço ídeia de porque fiz aquilo- tentando disfarçar, mas dentro de mim sábia que era uma forma de chamar atenção, talvez seja assim com os ignorados, eles sabem que fazem errado mas mesmo assim continuam fazendo, eu era assim e mais do que nunca gostava disso:
-Então... eu meio que estou sem quarto, eu não sei como funcionam as coisas por aqui mas pensei que poderia me arranjar um lugar para ficar - disse olhando apra Will enquanto caminhavamos no corredor - claro! você pode ficar no meu quarto, não é algo muito conforatavel mas vejo que como eu, você é alguem que luta por seus príncipios e alguem assim não liga para onde fica, desde que tenha onde ficar.
Para minha surpresa ele aceitou que eu ficasse no quarto dele, se teria de ficar ali nem que fosse só um pouco eu teria que arranjar onde ficar:
-Então como é a segurança aqui? - pergunto ao passarmos pelo corredor mais escuro do orfanato - Ja pensava que iria querer fugir também hahaha - disse Will dando risada, aquilo me pareceu que ele ja havia pensado na coisa e poderia ser um forte aliado para nossa fuga, afinal, 2 é sempre melhor do que 1.
-Há guardas rodando la fora e aqui dentro, e isso é só o começo! algumas semanas atrás instalaram camêras nos corredores 1 e 4, sendo assim as saídas dos fundos e entrada estão sendo observadas, e la fora atrás de toda aquela neve um muro de 2,25 metros, as camêras possuem visão ampla e captadores de som que se ativam a partir das 9:03 h cravados, é a hora de dormir, os guardas são prequiçosos nada muito dificil de enganar, ams se não consiguirmos desativar as camêras tudo vai por água baixo, e tudo isso antes da hora de dormir e do recreio que ocorre das 7:00 as 8:00 h, sendo assim nos sobra 1:03 para escaparmos sem sermos pegos.
Aquilo tudo era muita informação, nem sei como ele sábia tudo aquilo, mas ja que ele parecia conhecer o local confiei nele. Após andar pelos corredores chegamos até a porta do quarto:
-não repare na bagunça - disse Will, aquele quarto era bem pequeno mas havia papéis nas paredes que mais pareciam desenhos, quando você se aproximava podia vizualizar esquemas dos corredores e manuais das camêras - HAHAHA incrivel você é um general ou algo do tipo? - pergunto.
Desta vez Sábia com certesa que iria para Long Island procurar pela minha mãe!
avatar
Benjamin Skyplane

Mensagens : 154
Pontos : 6817
Reputação : 10
Data de inscrição : 28/10/2011
Idade : 21
Localização : Chalé de Zeus

Ficha Half-Blood
HP:
150/150  (150/150)
Level: 10
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan Fic] Half Blood Camp "Crônicas dos Filhos do Céu e da Guerra"

Mensagem por Will O'Connor em Qui Jan 05, 2012 12:43 pm

Capitulo VI |Will|


Eu ouço a pergunta dele, e penso por um momento.
- Não sei se sou um general. Sou um planejador, e gosto de lutar. Mas ninguém nunca me chamou de general... - sorrio ao pensar o espanto que seria ver um garoto maltrapilho como general.
Depois disso, a manhã correu normalmente. Durante o resto da manhã, andamos pelo orfanato, para que Ben se familiarizasse. Mostro as câmeras, que eram de vidro escuro circular, portanto só filmavam em tons de cinza, preto e branco. Comento ainda com ele, que as camêras não tinham fios expostos para serem cortados. Na hora do almoço, sentamos bem ao canto, observando. Vejo ele observando atentamente alguém, e olho na mesma direção. Klaus estava começando uma pequena guerra de comida, de forma cautelosa. Ele derrama, "acidentalmente", um copo cheio de suco na camiseta de um garoto ao seu lado. Um dos companheiros de Klaus, entra na deixa, e joga o resto de comida na cara da vitima. Mas a comida se espalha, e acerta as costas de um outro garoto, um dos populares. O "popular", chamado Denis, se levanta e joga a bandeija inteira no seu agressor. E depois disso, alguém em um canto grita: Guerra de comida!! - e a confusão é geral.
Não querendo tomar parte nisso, saio pela porta dos fundos evitando alguns tomates voadores, Ben em meu encalço.
- Por que saiu? - ele me pergunta.
- Porque não quero perder tempo com o diretor. E tenho a sensação que ele vai estar ocupado até tarde hoje. - acrescento rapidamente - Assim como os guardas.
Ele entende rapidamente, enquanto caminhamos por um corredor, ele pergunta sabiamente:
- Como pretende passar pelas câmeras?
Eu observo o garoto, ele era inteligente. Tinha um olhar astuto e ameaçador, apesar de suas roupas maltrapilhas. "Um ótimo aliado, e concerteza um dos piores inimigos." - avalio ele, pensando. Preferia ser aliado.
Eu sorrio, enquanto saíamos do prédio e iamos até um canto do lado de fora do prédio, parecia abandonado e era cercado. Mostro uma portinha pequena, fechada a cadeado, com uma caverinha e um aviso escrito.
"Perigo de morte, alta voltagem!"
avatar
Will O'Connor

Mensagens : 59
Pontos : 7220
Reputação : 10
Data de inscrição : 28/10/2011
Idade : 26

Ficha Half-Blood
HP:
7850/7850  (7850/7850)
Level: ?
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan Fic] Half Blood Camp "Crônicas dos Filhos do Céu e da Guerra"

Mensagem por Benjamin Skyplane em Sex Jan 06, 2012 12:04 pm

Capítulo VII |Benjamin|

A placa tinha muito a oferecer, podia dizer que ao entrarmos ali estariamos mortos ou que essa podia ser nossa saída, de qualquer modo entramos, Will parecia ter uma técnica interessante de arrombamento, enquanto ele dava um chute na parte de baixo da porta eu dava um chute na parte de cima, e desse jeito acabamos entrando na central de distribuição de energia do orfanato:
-prescisamos ser rápidos - disse Will - ja devem estar a nossa procura, rápido! você corta o fio acima daquela caixa de voltagem e eu corto a saida da distribuição - O local era relamente cheio de aparelhagens, fios, e caixas com ferramentas. Will me ofereceu um alicate de corte enquanto ele tinha o seu própio:
- No 3, 1..2..3.... - o interessante é que no exato momento em que ele cortou meu alicate não quis cortar, de fato uma tragédia, ja que alguns seguranças estavam se aproximando - AAAA drogaaa - gritei - deixa pra lá, tudo por minha mãe! - mordi o fio, nãos ei oque pensei no momento, ja que um cortador não havia cortado aquilo porque colocaria meus dentes naquilo? voei para traz com a eletricidade correndo em meu corpo, podia ver que toda a energia da escola havia sido cortada, e ao mesmo tempo que ainda estava vivo, com alguns fios de cabelo me pé.. mas vivo - Euu nãos ei como - falei enquanto olhava para Will que parecia assustado comigo - isso não importa vamos fugir daqui, rápidamente corremos porta a fora antes que os seguranças chegassem, tentei correr até o muro:
-Vaaa, use esta corda. -disse Will enquanto se virava em encarava o segurança, a corda possuia um gancho feito de garfos e facas provavelmente do refeitório, a corda era de roupa suja de.. Incrivel, era de Klaus a roupa, Will havia pensado em tudo.. agora era comigo.
avatar
Benjamin Skyplane

Mensagens : 154
Pontos : 6817
Reputação : 10
Data de inscrição : 28/10/2011
Idade : 21
Localização : Chalé de Zeus

Ficha Half-Blood
HP:
150/150  (150/150)
Level: 10
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan Fic] Half Blood Camp "Crônicas dos Filhos do Céu e da Guerra"

Mensagem por Will O'Connor em Sex Jan 06, 2012 12:23 pm

Capitulo VIII |Will|


Me viro para o guarda que se aproximava. Ele tinha um cacetete e seu rosto era pura ódio.
- Fugitivos! - ele grita enquanto se aproximava. Sua voz tinha uma incrível nota de malícia, que eu notei. "Pensa que irá ganhar algo nos flagrando." Espero ele estar ao alcance, então tiro um pequeno canivete do bolso. Havia recebido ele de um homem estranho que fora me visitar uma vez, e tinha guardado ele até agora. Avaliei a situação rapidamente: Ele tinha maior poder de impacto e alcance, eu tinha maior poder de corte e agilidade, com menos alcance. " A não ser.." Pego o canivete bem pela ponta, e balanço o braço em um único movimento, para frente a para trás, então com uma repentina impulsão o jogo mirando o peito do homem, que por puro reflexo ergueu o braço. O canivete atingiu seu braço e ele largou o cacetete, eu avancei e lhe dei um chute forte no joelho, e ele se abaixou. Girei no calcanhar e dei uma cotovelada em seu rosto. Pego o canivete e vejo que Ben ja havia saltado o muro, pelo menos era o que parecia. Avisto mais guardas vindo, mas estavam muito longe. Eu me seguro na corda de roupas (havia roubado essas roupas no segundo dia, quando fora traido) e começo a subir. Salto para o outro lado, e puxo a corda junto.
Ao me ver saltando o muro, ele sai correndo, eu no seu encalço. "Como ele está vivo?" - me perguntava. Estava além dos meus atuais conhecimentos. Corremos pelo meio de pátios, casas e saltamos alguns muros. Então eu digo - Por aqui - enquanto virava para um lado o puxando junto. Então vejo uma cerca alta, onde tinha uma fábrica abandonada. Saltamos a cerca e corremos. Entramos por uma porta dos fundos e sentamos para descansar.
- Você é maluco. Completamente louco. - eu dizia para ele..
avatar
Will O'Connor

Mensagens : 59
Pontos : 7220
Reputação : 10
Data de inscrição : 28/10/2011
Idade : 26

Ficha Half-Blood
HP:
7850/7850  (7850/7850)
Level: ?
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan Fic] Half Blood Camp "Crônicas dos Filhos do Céu e da Guerra"

Mensagem por Benjamin Skyplane em Sab Jan 07, 2012 1:31 pm

Capítulo IX |Benjamin|


-Não acredito que escapamos - disse sorrindo - e agora para onde iremos? - perguntei esperando que ele dissesse Nova York:
-Nova York! - disse ele para meu espanto, não acreditava que ele iria querer ir para la também. Não havia trazido minha mochila junto mas Will sim, sua mochila estava repleto de salgadinhos e mapas:
-Como iremos para lá? - perguntei - quer dizer não é muito facil ir caminhando até lá... - continuei.
- Vamos de Avião! tenho tudo planejado, primeiro usaremos essas passagens de ônibus para ir para o Aeroporto, consigui essas passagens na mesa do diretor enquanto ele não olhava, mas continuando... vamos ir clandestinamente até Nova York, na cidade grande podemos qualquer coisa! - disse Will, o plano me parecia maluquice, mas após termos escapado do orfanato acreditava que tudo era possivel com esse garoto:
-Bem acho que vamos indo, acho que vi uma rodoviaria logo alí - nos levantamos do chão imundo do local que me parecia uma fabríca de Carros. Andamos pelo local procurando a saída principal do local, e momentos antes de acharmos... para minha surpresa a senhora Jerry estava na porta da frente me encarando:
-Opss - disse Will - vamos saindo pela janela então - aparentemente havia uma janela quebrada ao nosso lado então corremos para alcança-la, mas algo nos impediu com um empurrão, era a senhora Jerry com um olhar severo como de costume, olhei para Will que sacava seu canivete mostrando para ela. Jerry pulou mostrando sua língua enorme de cobra para Will, nos brincavamos de chamar a sra.Jerry de Cobra, mas era só brincadeira, ainda por cima Jerry ria quando faziamos essa piada com ela:
-Maldita - gritou Will, enquanto segurava Jerry para cima com seus pés, ela o empurrava para baixo e percebi que Will não resistiria muito deitado ali, Will cravou seu canivete no braço dela que chorou de raiva, no mesmo momento parecendo mágica os pés de Jerry se transformaram em uma calda de Cobra e ela se tornou verde.
Tudo era novo pra mim e aparentemente para Will também, então sem pensar agarrei uma lamina que vi pelo local e usei para bater em Jerry:
-Seu Pirralho filhinho do papai - disse Jerry - Cale sua Boca Jerry... sempre quis dizer isso - repeti baixinho - meu nome não é Jerry.. para vocês semi-deuses podem me chamar de Yrrej a filha da noite, minha mãe Nix me mandou aqui especialmente para mata-los, não deveriam estar no acampamento? isso me faz pensar que vocês são.. - TAAAAP uma madeira vou na cabeça de Yrrej fazendo com que ela recuasse - só por causa da profecia vocês iram sobriviver... Malditos - e Jerry digo Yrrej se desfez em uma fumaça negra.
Will com pose confiante segurando outra madeira disse:
-Não volte mais Bruxa!! - Will tinha uma força surprendente para um ser humano normal e isso em fez crer ques as palavras confusas de Yrrej eram de fato algo verdadeiro que no momento me assustou:
-Oque foi isso - perguntei para Will - não sei disse ele levantando seu canivete do chão, por enquanto vamos nos focar em pegar o ônibus... depois vamos repensar no que ela disse... - saimos correndoa traz do ônibus que ja estava partindo do outro lado da rua.
avatar
Benjamin Skyplane

Mensagens : 154
Pontos : 6817
Reputação : 10
Data de inscrição : 28/10/2011
Idade : 21
Localização : Chalé de Zeus

Ficha Half-Blood
HP:
150/150  (150/150)
Level: 10
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan Fic] Half Blood Camp "Crônicas dos Filhos do Céu e da Guerra"

Mensagem por Will O'Connor em Sab Jan 07, 2012 2:09 pm

Capitulo X |Will|


Ja dentro do ônibus...
- Semideuses? - Ben me perguntava. - Como poderíamos ser semideuses? - ja conversavamos alguns minutos, sobre as palavras de Yrrej. Eu começava a acreditar nas palavras da mulher cobra, embora achasse isso uma completa loucura.
- Como você poderia ter sobrevivido à aquela descarga elétrica. A energia descarregada era suficiente para matar uns 10 homens de uma vez, nunca vi algo igual.. - falava em voz baixa, ao perceber um olhar curioso no ônibus. - Aliás, depois daquela mulher se transformar em cobra.. e a forma como ela se desfez em fumaça. - eu ainda comentei. Eu estava espantado por Ben ter sobrevivido, e ele descrente. Eu aceitava melhor que poderíamos ser semideuses, ele aceitava melhor que sobreviver a choques era normal.
Chegamos a rua do aeroporto e saímos do ônibus. Percebemos que o bairro era indescutivelmente de familias ricas. Ele viu um policial mais a frente, e me puxou para a sombra de um prédio.
- Que? - perguntei intrigado. Ele me respondeu: - Olha como estamos vestidos. Não é normal que garotos maltrapilhos venham até aqui, a não ser para roubar.
- Certo, venha! - o puxo junto para dentro de uma loja de roupas. - Posso ajudá-los? - uma voz feminina nos pergunta, um tanto irritada. Olho para trás, e vejo uma mulher que aparentava uns 40 anos.
- Ãah, claro. Precisamos provar algumas roupas, senhorita. Como veste, viemos de viagem de muito longe. Precisamos de roupas novas para pegar nosso vôo, caso contrário o guarda não nos deixaria entrar no aeroporto. - Falo com toda educação, que tinha em algum lugar na mente.
- Por aqui, senhores. - então, nos mostrou várias peças de roupa. Eu escolho algumas e Ben faz o mesmo. - Qual o plano? - Ben indaga baixinho. - Vista uma das peças e esconda a que está usando. Então saia dizendo que não se agradou e entregue as outras. - Ben parecia que ia me dar um soco.
- Isso não vai funcionar - ele fala irritado. - faça o que eu disse e deixa o resto comigo.
Mais tarde, ja fora da loja dentro do aeroporto nos sorríamos satisfeitos, para entrar no avião.
avatar
Will O'Connor

Mensagens : 59
Pontos : 7220
Reputação : 10
Data de inscrição : 28/10/2011
Idade : 26

Ficha Half-Blood
HP:
7850/7850  (7850/7850)
Level: ?
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan Fic] Half Blood Camp "Crônicas dos Filhos do Céu e da Guerra"

Mensagem por Benjamin Skyplane em Dom Jan 08, 2012 11:35 am

Capítulo XI |Benjamin|

Entrar no Aeroporto foi facil, porém entrar no avião é que era dificil, enquanto caminhavamos e conversavamos sobre oque poderia significar Semi-deuses percebi que não havia perguntado muita coisa para Will, de onde ele vinha, quantos anos tem, tudo isso era confuso ainda para mim, então comecei a entrevista-lo:
-Então, você é de Chicago mesmo? - perguntei - Sim! nasci aqui, a cidade dos ventos! e você - perguntou Will - Eu não sou daqui na verdade vim para cá quando tinha 7 anos, antes morava em Nova York com minha mãe, quero ir para lá para encontra-la - Baixei a cabeça por um momento enquanto saboreava um salgadinho que Will me dera:
-Eu tenho 12 anos e você? - Continuei - Também tenho 12 - Disse Will - Vamos essa é nossa chanse - disse Will. Eu não havia visto nada, mas ele sim, viu uma mala para equipamento esportiva escrita "Centauro Esportes e Lazer" embarcamos na imensa mala que servia nos dois. Claro, os seguranças nos seguiram quando entramos pela área de separação de malas, uma área ampla que ocupava parte do aeroporto cheia de esteiras que levavam malas, felizmente escamos a tempo de nos pegarem entrando na mala.
A viajem foi longa e chegamos com uma imensa dor nas costas, mas finalmente a cidade de Nova York era nossa, descemos do avião e logo fomos carregador até a sala de rastreamento de malas, e logo nos pegaram.
Fomos presos em uma salinha pequena com um guarda chamado Derek. Will pareceu contente falando com Derek como se aquilo fosse normal, falaram de praia, do tempo, do fim do mundo.. em fim coisas do dia-a-dia. Após isso Derek foi ao banheiro e aproveitamos para sair pela janela, calmamente. seguimos em direção ao centro usando passagens de ônibus que Will tinha, andamos por um longo percusso até chegarmos ao local que haviamos combinado de ficar por um tempo, uma biblioteca com ótimas referencias, do qual minha mãe me levava quando eu era pequeno:
-Aqui podemos pesquisar o significado de Semi-deuses - Disse para Will que parecia estar confiante em descobrir o mistério. A biblioteca era enorme, com dois andares e muito livros, pedimos para a bibliotecaria que nos levasse a área de mitologia, um palpite de Will, ao chegarmos nos deparamos com os mais diversos livros sobre Deuses e Hérois, ao meu ver Will ja tinha um pouco de conhecimento sobre o mesmo, para mim um héroi não era surpresa.. era Hércules o Antigo héroi que se transformou no Deus da força!
Foi ai que assimilei tudo que havia aprendido e o que havia visto:
-Will... nossos país são.. Deuses! - Falei para Will, que não parecia surpreso, mas mesmo assim deu um grito - Uhuu isso sim é maneiro! Cool - disse Will, eu e ele ficamos mais duas horas pesquisando Semi-Deuses da mithologia, outras 5 horas pesquisando mythologia em sí, saimos de la sem poder acreditar em tudo que haviamos descobrido:
-Sabe oque isso significa? - perguntou Will - Nos seremos caçados por monstros mythologicos igual a Hércules e Perseu - aquilo era assustador mas ele tinha razão, tinhamos que nos preparar, após aquele dia procuramos uma casa para ficarmos e empregos (do qual nenhum deu muito certo ja que eramos crianças) foram dia incriveis os que passamos combatendo monstros, comprando comida com o pouco dinheiro que ganhavamos.
3 anos passaram muito rápido, e antes que pudessemos notar haviamos entrado em sincronismo total, nada podia nos abater, Will continuava com seu cabelo escuro bagunçado, porém agora com uma camisa preta e calças não rasgadas, tênis Adidas e um raibam negro que fazia dele um valentão. Ja eu deixei meus cabelos crescer agora eles ja eram longos, não usava mais uma camiseta do Gun's e sim um uma camiseta preta com casaco e capus brancos. Will havia aprendido a usar seu canivete e transforma-lo em uma faca maior, nossa unica arma.
Fugimos de muitos monstros e também seres estranhos metade Bodes que queriam nos levar para um tal de acampamento, não matamos nenhum deles poís parecia ser bons mas fugimos deles todas as vezes que nos encontravam. 3 anos que jamais esqueceremos e que de fato nos transformamos em irmãos.
avatar
Benjamin Skyplane

Mensagens : 154
Pontos : 6817
Reputação : 10
Data de inscrição : 28/10/2011
Idade : 21
Localização : Chalé de Zeus

Ficha Half-Blood
HP:
150/150  (150/150)
Level: 10
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan Fic] Half Blood Camp "Crônicas dos Filhos do Céu e da Guerra"

Mensagem por Will O'Connor em Ter Jan 10, 2012 10:36 am

Capitulo XII |Will|

Sentia que estava sendo seguido, ao voltar do mercado. Mas sempre que olhava para trás, não via nada. Mas quando virava para frente de novo, tinha a sensação de olhos me observando. Monstro não era, pois uma situação melhor que uma rua deserta, não conseguiria depois que eu chegasse em casa. Então pensei - "só pode ser aqueles homem-bodes de novo." - Continuei caminhando até em casa novamente, uma sacola de compras na mão esquerda e a mão direita no bolso, segurando meu canivete. Havia treinado com ele as últimas 3 semanas, para aprender a transforma-lo em outra arma que não uma faca, e conseguira uma pequena espada. Chego em casa e murmuro um oi para Ben. Então me viro para ele e digo:
- Ben, lembra daquela vez que fomos a biblioteca ha 3 anos? - Ele assente com a cabeça, em dúvida. - Eu li algo sobre uns tais sátiros, homens bodes que levavam semi-deuses para o acampamento meio-sangue. Ao que parece, lá eles recebem treinamento, missões, aprendem a lutar, vivem la durante o verão. Há os que ficam o ano inteiro, aqueles que não vão a escola ou resolvem desistir. Não seria este o acampamento que os sátiros tanto falam?
Ben tinha ouvido tudo atentamente, e tinha baixado a cabeça pensando. Ele me olha e indaga:
- Aonde quer chegar, mano? Está pensando em ir para lá?
- Ouvi dizer que há uma arena e instrutores, talvez eu pudesse aprender a usar melhor este canivete, e você poderia conseguir uma arma para você também.
- Ouviu? - ele pergunta desconfiado. - Sim, um dos sátiros falou algo em uma vez que nos encontramos com eles.. - respondo- Acho que poderíamos ir para lá, está na hora de encontrar as respostas para o que somos, e acho que seria a oportunidade de sabermos quem são nossos pais.. divinos.
- Muito bem, e sabe onde fica este acampamento?
- Montauk, Long Island eu acredito. Foi citado em muitos livros..
Ele me olha com senso crítico.
- Quer ir até um acampamento que não temos certeza que existe, com informações tiradas de livros de mitologia, arriscando-se a chegar a lugar algum?
Eu paro para pensar e quando estou prestes a responder, um barulho chama minha atenção e eu imediatamente saco o canivete, o transformo em uma espada. Ben também ouvira e fora mais rápido que eu, parando ao lado da porta, mas escondido por uma parade, eu pergunto:
- Quem está aí?
- Sou apenas eu, senhor. - responde um dos sátiros que havíamos encontrado uma vez antes. Ben o pega pelo pescoço e o coloca contra a parede. - Apna eu - ele fala sufocado. Ben o larga, ao perceber que ele não oferecia perigo.
- O que você quer aqui?
- Apenas dizer 3 coisas: O acampamento existe, e vocês estão indo para o lugar certo. E.. posso ir junto? - ele pergunta sorrindo.
2 horas depois tinhamos tudo organizado para viajar, levando tudo o que era importante. Haviamos despachado o sátiro na primeira esquina, o ameçando de morte se nos seguisse. - Vamos nessa.
avatar
Will O'Connor

Mensagens : 59
Pontos : 7220
Reputação : 10
Data de inscrição : 28/10/2011
Idade : 26

Ficha Half-Blood
HP:
7850/7850  (7850/7850)
Level: ?
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan Fic] Half Blood Camp "Crônicas dos Filhos do Céu e da Guerra"

Mensagem por Benjamin Skyplane em Qui Jan 12, 2012 12:17 pm

Capítulo XIII |Benjamin|

Entramos no ônibus esperando que o sátiro não nos seguisse, acho que tinha um certo temor a criaturas mágicas, afinal maioria delas tentaram me matar. A caminho do que poderia ser um bom lugar para ficarmos e tirarmos férias de monstros e até quem sabe aprender algo novo, tudo parecia lento, como se algo tentasse nos impedir de ir até la:
-Então quem você acha que é seu pai? - perguntou Will, eu não gostei muito da pergunta, meu pai deixou minha mãe sozinha quando eu completara 1 ano, desde então fui criado sabendo que meu pai não era uma boa pessoa, hoje entendo o porque dos deuses deixarem seus filhos quando pequenos, mas não entendo o porque de ele nunca nem ter me dado um sinal algo que me deixasse sabendo que sou filho dele. Acho que Will ja teve um contato com seu pai, só acho bom não sair perguntando coisas assim:
-Não faço ídeia Will, mas seja quem for ele não é muito amistoso. - Fomos até Montauk, desembarcamos e de repente o tempo voltou ao normal, vimos diversas crianças correndo para dentro do da área do que parecia ser um acampamento, logo subimos morro a cima e encontramos oque parecia ser um campista:
-Hey, quem são vocês? - perguntou o campista, ele tinha altura médiana cabelos castanhos um olhar confiante, usava uma camiseta laranja escrito acampamento meio sangue - eu sou Igor Romanov, Conselheiro do Chalé de Atena - continuou - prazer! sou Benjamin Skyplane, e esse aqui é meu amigo Will, somos semi-deuses - falei sorrindo - prove-me que são! - no mesmo momento Will puxou seu canivete e transformou em uma espada, eu não havia visto ele fazer esse truque antes, foi facinante:
-Esta bem podem entrar - falou Igor nos encarando - venha vou lhes mostrar o acampamento.
avatar
Benjamin Skyplane

Mensagens : 154
Pontos : 6817
Reputação : 10
Data de inscrição : 28/10/2011
Idade : 21
Localização : Chalé de Zeus

Ficha Half-Blood
HP:
150/150  (150/150)
Level: 10
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan Fic] Half Blood Camp "Crônicas dos Filhos do Céu e da Guerra"

Mensagem por Will O'Connor em Qui Jan 12, 2012 1:52 pm

Capitulo XIV |Will|


Igor andava com passos rápidos a nossa frente, enquanto desciamos o monte. Noto um dragão enroscado em uma árvore, parecia adormecido. Chamo o garoto e aponto o dragão silenciosamente:
- Este é Peleu, uma das nossas defesas mágicas contra monstros e invasores. - Ele diz simplesmente.
Quanto mais andavamos, mais garotos e garotas víamos. Todos tinham mais ou menos a nossa idade, alguns pareciam ter pouco mais de 11 anos e, assim como nós, estavam um pouco perdidos no acampamento ainda. Outros ja tinham mais idade que nós e pareciam completamente a vontade no acampamento, mal olhavam por onde andavam pois conheciam o camp como sua prórpria mão. Alguns nos olhavam curiosos, um que parecia ter nossa idade perguntou:
- Quem são eles, Igor?
- Semideuses novos. - ele diz em um tom irônico e conclusivo. Percebo que Igor era de poucas palavras.
Vejo que alguns garotos treinavam mais a frente, em um lugar que parecia uma arena, com espadas de madeira. Alguns tinham obviamente muita habilidade, outros nem tanta assim.
Chegamos à uma grande casa, onde eu vi um homem de cadeira de rodas sentado atrás de uma mesa com alguns relatórios. Quando nos aproximamos, ele sorri e Igor indaga:
- Benjamin Skyplane - fala indicando Ben - e Will. - acrescenta olhando para mim. - Este é Quíron, o diretor do acampamento. - termina apresentando-nos ao homem. Então Igor se afasta.
- Olá garotos. Estava esperando por vocês, e estava preocupado também... - ele começa a dizer.
- Como assim nos esperando? Sabia que viriamos? - perguntei interrompendo o homem.
- Sim Will, aqueles sátiros estavam os importunando a meu comando. São eles que em geral trazem os semideuses até aqui, para que vocês não morram contra algum monstro. E eles que tentam informá-los do que vocês são, meio sangues. - Ele continua. - Estava preocupado, pois vocês estavam atraindo muitos monstros, embora tenho que dizer, estavam se saindo bem. Mas vocês estavam negando e fugindo dos sátiros, o que me deixava ansioso. Neste momento eu pensava em alguma coisa para trazê-los para cá, quando recebi um relatório de que vocês estavam vindo. - vejo em seu olhar que ele havia escondido algo, ele parecia pensar se iria dizer ou não, mas logo este sinal sumiu e ele chamou alguem - Hannah, poderia mostrar o acampamento para eles?
- Claro. - ela responde. Observo mais atentamente Hannah percebendo que ela era bonita. Ela saiu caminhando graciosamente, e Ben automaticamente a acompanhou. Eu caminhava do outro lado de Hannah, mas olhava para o outro lado, para os outros campistas. Um momento depois.. - Vieram de avião então? Eu sou Hannah, filha de Afrodite. E vocês, como se chamam? - ela pergunta sorrindo.
avatar
Will O'Connor

Mensagens : 59
Pontos : 7220
Reputação : 10
Data de inscrição : 28/10/2011
Idade : 26

Ficha Half-Blood
HP:
7850/7850  (7850/7850)
Level: ?
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan Fic] Half Blood Camp "Crônicas dos Filhos do Céu e da Guerra"

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum